Luciana Genro

“A gestão da saúde virou moeda de troca dos partidos políticos”, diz Luciana Genro em ato no Hospital Conceição

18 de agosto de 2014 16h25

Por Redação #Equipe50

Crédito: Divulgação PSOL

Crédito: Divulgação PSOL

A candidata do PSOL à Presidência da República, Luciana Genro, realizou ato de campanha em frente ao Hospital Conceição, em Porto Alegre, no final da manhã desta segunda-feira 18/08). Acompanhada do candidato do PSOL ao governo do Rio Grande do Sul, Roberto Robaina, e de militantes e candidatos do partido à Assembleia Legislativa e à Câmara dos Deputados, Luciana dialogou com a população e distribuiu panfletos.

O Conceição é o maior hospital 100% público de Porto Alegre e integra do Grupo Hospitalar Conceição, administrado pelo governo federal e composto também pelos hospitais Cristo Redentor e Fêmina. Luciana Genro criticou a partilha política que o Palácio do Planalto faz em relação à saúde pública, já que o GHC é administrado, há anos, por cargos de chefia indicados pelo PT, pelo PMDB e pelo PCdoB. “A gestão da saúde virou moeda de troca dos partidos políticos”, comentou.

No dia 11 de julho, Luciana Genro já havia visitado a Associação dos Servidores do GHC. Na ocasião, a candidata se comprometeu a valorizar os trabalhadores da saúde e acabar com a prática de partilha política de cargos de gestão. “O setor público está privatizado por interesses de castas que se apropriam destes espaços para transação dos seus próprios interesses, onde os trabalhadores não têm voz ativa”, disse.

Luciana Genro segue em Porto Alegre nesta terça-feira (19/08), onde realizará panfletagem no Centro da cidade, na Avenida Otávio Rocha.