Luciana Genro

Luciana Genro critica governo tucano em lançamento de Maringoni ao governo paulista

25 de julho de 2014 11h24

Por Redação #Equipe50

Crédito: Divulgação PSOL

Crédito: Divulgação PSOL

A candidata do PSOL à Presidência da República, Luciana Genro, participou na noite dessa quinta-feira, dia 24 de julho, do lançamento da candidatura de Gilberto Maringoni ao governo de São Paulo e de Ana Luiza ao Senado, pela Frente de Esquerda (PSOL-PSTU). A presidenciável do PSOL destacou a importância de uma campanha capaz de enfrentar o PSDB, que governa o estado há vinte anos, sem deixar de apontar as contradições do PT. “Em junho de 2013 vimos Alckmin e Haddad juntos no aumento das passagens de ônibus e na repressão aos movimentos de rua que saíram vitoriosos”, recordou. Cerca de 500 pessoas prestigiaram o evento.

Luciana Genro enfatizou seu repúdio à criminalização dos movimentos sociais e categorias de trabalhadores em greve promovidas pelo governo Alckmin. “Inaceitável a demissão dos 42 metroviários. Estamos unidos na luta pela readmissão desses trabalhadores”, defendeu Luciana. A crise da falta d’água em São Paulo também foi alvo das crítica da candidata à Presidência. “A crise do sistema cantareira é o retrato da incompetência do modelo de gestão tucano”, definiu.

O PSOL em São Paulo apresenta uma ampla chapa de candidatos a deputado federal e estadual, representantes de diferentes regiões do estado, comprometidos com a plataforma das mobilizações de junho, por mais direitos sociais, em consonância com a plataforma do PSOL em nível nacional.