Luciana Genro

Luciana Genro afirma que receberá Snowden no Brasil, se eleita em outubro próximo

16 de julho de 2014 19h06

PSOL e entidades da sociedade civil entregam ao Ministério da Justiça carta aberta assinada por organizações brasileiras, panamericanas e internacionais, pedindo asilo ao ex-agente da NSA norte-americana

Por PSOL Nacional

Crédito: Divulgação PSOL

Crédito: Divulgação PSOL

A candidata do PSOL à Presidência da República, Luciana Genro, os deputados do PSOL Chico Alencar, Ivan Valente e Jean Wyllys e representantes de entidades e de organizações da sociedade civil brasileira, panamericana e internacional, entregaram ao secretário-executivo do Ministério da Justiça, Marivaldo Pereira, carta aberta na qual solicitam posicionamento do governo brasileiro em relação ao pedido de asilo do ex-agente da NSA norte-americana, Edward Snowden. A reunião aconteceu no início da tarde, no Ministério da Justiça, em Brasília.

“Faz aproximadamente um ano que Edward Snowden pediu asilo ao Brasil, assim como fez também para 20 anos outros países. Apesar de a maioria dos países terem dado suas respostas, negativas, o governo brasileiro continua alegando que não recebeu formalmente o pedido, mesmo após Edward Snowden ter reiterado seu pedido em entrevista televisiva”, afirma a carta. “É fundamental que o governo considera as potencialidades que podem ser desenvolvidas com a cooperação de Snowden. Tendo em vista sua disposição, já pública, em contribuir com o Estado brasileiro nas investigações sobre a espionagem norte-americana, com consequentes mudanças para o país.”

Crédito: Divulgação PSOL

Crédito: Divulgação PSOL

Para o líder do PSOL, deputado Ivan Valente, o governo brasileiro foi diretamente atingido pela espionagem norte-americana, denunciada por Snowden, e a soberania da nação foi afetada. Ele lembrou que propôs, no ano passado, à Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional a formação de uma comitiva parlamentar para ir até a Rússia conversar com Edward Snowden.

O deputado Jean Wyllys disse que o governo brasileiro se contradiz ao não esclarecer se existe, ou não, um pedido formal de asilo feito por Snowden, como o ex-agente afirma. E cobrou um posicionamento. “O asilo é um direito humano e político”.

O deputado Chico Alencar destacou a contribuição mundial feita por Snowden ao revelar o esquema de espionagem norte-americano. Afirmou também que a questão é “político humanitária” e que o pedido de asilo deve ser acolhido pelo governo brasileiro.

A candidata à Presidência da República pelo PSOL reafirmou seu apoio ao conteúdo da carta, assinada por várias entidades e pelos parlamentares do PSOL. Luciana afirmou que, “se eleita, sua primeira medida em política externa será receber Snowden no Brasil, a convite da Presidência da República”.