Luciana Genro

PSOL-RS homologa candidatura de Roberto Robaina ao Piratini

20 de junho de 2014 15h09

O PSOL gaúcho homologou, ontem pela manhã, em convenção eleitoral, na Câmara Municipal de Porto Alegre, a candidatura de Roberto Robaina, ao Governo do Rio Grande do Sul. A chapa será formada pela jornalista Gabrielle Tolotti, do movimento Juntos, como vice e o professor Júlio Flores do PSTU, como candidato ao Senado Federal.

Luciana Genro, pré-candidata à presidência da República, afirmou que o partido precisa estar à altura das grandes mobilizações do país. “Existe um caminho para governar de ruptura com o capital financeiro. É possível fazer política de outra forma, sem entrar no balcão de negócios das alianças espúrias, trocando tempo de televisão por ministérios e cargos na máquina pública. Defenderemos as bandeiras levadas às ruas pela juventude nas manifestações de junho de 2013” apresentou Luciana.

A convenção reuniu candidatos de várias regiões do Estado, militantes partidários e também apoiadores do PSOL. Na ocasião, Roberto Robaina disse que está confiante na sua capacidade de representar a construção coletiva materializada em seminários programáticos e ao longo dos 10 anos de PSOL.

Assembleia Legislativa

Foto: Luciano Victorino

Foto: Luciano Victorino

Um dos desafios destacados pelo candidato ao Palácio Piratini, Roberto Robaina, é a eleição dos primeiros deputados estaduais do PSOL. “Vamos oferecer ao povo gaúcho uma forte lista de candidatos à Assembleia Legislativa. Temos que mostrar a diferença que o PSOL faz nos parlamentos municipais, estaduais e federal. Nosso partido conta com deputados como Marcelo Freixo, Jean Wyllys e Chico Alencar. O Rio Grande do Sul precisa de deputados do PSOL” apontou Robaina.

Pedro Ruas, o vereador mais votado de Porto Alegre, e Fernanda Melchionna, a mulher mais votada na Câmara Municipal concorrerão a vagas na Assembleia Legislativa. O partido acredita que a atuação dos parlamentares na Câmara fortaleceu o PSOL e ajudará a conquistar muitos votos no pleito. Jurandir Silva, candidato à prefeito de Pelotas em 2012, tendo feito mais de 13% dos votos do município, também será candidato a Deputado Estadual.

A chapa majoritária

A Frente de Esquerda, formada por PSOL e PSTU, construiu uma composição entre a coerência de Roberto Robaina e a juventude Gabrielle Tolotti.

Roberto Robaina é um dos fundadores do PSOL e tem a sua candidatura referenciada nas manifestações ocorridas em junho de 2013. Nascido na capital gaúcha em 1967, Carlos Roberto de Souza Robaina é formado em História com mestrado em Filosofia. Iniciou sua vida política participando do movimento estudantil e em 1990 foi diretor do Sindicato dos Bancários. Inicialmente filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT), com a expulsão de Luciana Genro do partido em 2003, participou com ela da fundação do PSOL. Foi candidato ao Governo do Rio Grande do Sul em 2006 e, em 2012, representou o PSOL na disputa pela prefeitura de Porto Alegre.

Gabrielle Tolotti, jornalista e relações públicas graduada pela UFRGS, da coordenação nacional do movimento Juntos! e da direção nacional do PSOL, foi indicada pelo partido para a vaga de candidata a vice-governadora na chapa majoritária estadual. O Juntos é um movimento de juventude nacional, com presença marcante nas grandes passeatas pela redução das tarifas de ônibus em 2013.