Luciana Genro

Yeda pede direito de resposta contra o PSOL

07 de setembro de 2010 14h30

A governadora Yeda Crusius pediu direito de resposta contra a deputada federal Luciana Genro e o PSOL por seu programa eleitoral. Ela não gostou do programa em que aparece um pronunciamento de Luciana na Câmara, em 2009, em que a deputada pede seu impeachment, lembrando que “politicamente, ela já está condenada”.

Em gravação atual, Luciana frisa que “é contra isso que nós do PSOL nos rebelamos. Dizem que somos radicais, e somos mesmo. Radicalmente contra a falta de vergonha na cara e a roubalheira.”

Para Yeda, Luciana e o PSOL infringem a legislação eleitoral ao acusá-la de “corrupção, locupletamento ilícito, ou no seu dizer ‘roubalheira’.” O PSDB já tentou calar Luciana, pedindo a cassação de seu mandato, mas não conseguiu, pois a corregedoria da Câmara entendeu que a fiscalização do governo faz parte das atribuições de um deputado.

A notificação de Yeda ainda não foi julgada e você pode seguir assistindo ao programa, que já é sucesso, na web. Clique aqui para assistir.