Luciana Genro

Câmara de Porto Alegre aprova moção de apoio à PEC 300

05 de agosto de 2010 15h20

A Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou por unanimidade nesta quarta-feira, 4, o envio de uma moção de apoio à aprovação da PEC 300, em votação no Congresso Nacional. A proposta, de autoria dos vereadores do PSOL, Fernanda Melchionna e Pedro Ruas, candidato ao Piratini, defende a medida  que prevê um piso salarial único (igual ao do Distrito Federal) para os policiais militares e bombeiros em todo o território nacional. Em 7 de julho, a PEC 300 foi aprovada em votação unânime em primeiro turno na Câmara Federal. No entanto, precisa ainda passar por uma segunda apreciação para depois ir ao Senado.

O PSOL entende que é necessária a aprovação, principalmente porque os policiais militares e bombeiros gaúchos recebem os piores salários do Brasil – cerca de R$ 1 mil para soldados da Brigada Militar –, enquanto no Distrito Federal o vencimento inicial de um soldado é de R$ 3,5 mil. A bancada federal do PSOL é defensora intransigente da proposta que está sofrendo com manobras do governo para ser protelada.


Fonte: fernandapsol.com.br