Luciana Genro

Carta de apoio de Fernanda Melchionna

15 de julho de 2010 09h37

Fernanda, Ruas, Robaina e Luciana (Letícia Heinzelmann)

“Há dois anos atrás aceitei o desafio de, junto aos militantes da juventude do PSOL e do movimento estudantil, disputar uma cadeira de vereadora de Porto Alegre. As dificuldades eram enormes: pouco tempo de TV e rádio, escassos recursos e as gigantes máquinas eleitorais dos partidos grandes. Fizemos uma campanha militante, de sol a sol, para que as pautas da juventude, dos trabalhadores e das mulheres também tivessem sua representação em Porto Alegre. Por isso, conquistamos essa importante trincheira de luta que é o nosso mandato, que junto com Pedro Ruas levou a coerência e a independência política do PSOL para a Câmara Municipal.

Em 2009 a bancada do PSOL foi firme a favor do povo de Porto Alegre, na luta contra a corrupção de Yeda, defendemos a saúde pública e denunciamos os R$ 9,6 milhões desviado do PSF, estivemos com os municipários contra a terceirização e o desmonte do serviço público, contra o aumento das passagens de ônibus, aprovamos legislação em defesa das mulheres, levamos a luta da juventude pelo meio passe aos domingos e pelo fim do “QI” (quem indica) nos estágios, defendemos a orla do Guaíba para todos quando derrotamos o projeto do Pontal do Estaleiro, fomos pioneiros na luta pela leitura através da Frente Parlamentar de Incentivo à Leitura e a cultura com os artistas e na defesa das mesas dos bares da Cidade Baixa.

Agora enfrentaremos um desafio ainda maior: firmar o PSOL como uma alternativa de verdadeira esquerda gaúcha. Lançamos Pedro Ruas ao Piratini e uma extensa nominata de valorosos candidatos a deputados federais e estaduais. Como todos já sabem, Luciana Genro é uma das minhas grandes inspirações junto com a Heloísa Helena. Pela coerência e luta, saí com elas do PT e fundamos o PSOL. Luciana Genro, minha candidata à Câmara Federal, representa a luta do povo trabalhador contra os privilégios dos políticos tradicionais, dos oligarcas, dos latifundiários e dos ricos.

Muitos me perguntam porque não sou candidata à Assembleia Legislativa. O que eu poderia apresentar de pautas em defesa do povo, será representado pelo combativo companheiro Robaina Robaina.

Lançamos Roberto Robaina, presidente do PSOL/RS, candidato a deputado estadual. Nele temos uma biografia impecável nas lutas da esquerda. Temos muito em comum. Junto com Luciana Genro iniciou sua militância no movimento estudantil do Julinho nos anos 80. Depois foi dirigente dos bancários em memoráveis e vitoriosas greves. Como dirigente partidário participou da eleição e dos mandatos da Luciana na Assembleia em 1994 e 1998. Conhece como poucos a política gaúcha e nacional. Era dirigente estadual do PT durante o governo Olívio e nacional durante o primeiro ano do governo Lula. Não se rendeu à traição do PT. Esteve na greve dos funcionários públicos e na defesa de Heloísa Helena e Luciana Genro quando foram expulsas por aqueles que em 2005 comandariam o mensalão. Fundou o PSOL e é seu presidente estadual desde então. Roberto Robaina é um dos que enfrentaram a corrupção de FHC e de Lula. Esteve no Fora Renan Calheiros em 2007, no Fora Sarney em 2009. E aqui no Rio Grande do Sul, ano passado, junto com Pedro Ruas e Luciana Genro denunciou os esquemas da quadrilha que comanda o Piratini, o governo Yeda.

Peço teu voto e teu apoio no PSOL. Em Pedro Ruas 50, em Luciana Genro 5050 e em Roberto Robaina 50000. Juntos podemos superar o desafio de construir um Brasil e um Rio Grande mais justo, soberano, livre e socialista.

Um beijo do tamanho dos nossos sonhos,

Fernanda Melchionna