Luciana Genro

Correio do Povo, 16 de junho de 2010

16 de junho de 2010 11h24

PSol define amanhã vice de Ruas

O PSol deverá acertar amanhã, em reunião do diretório estadual, o nome do vice do pré-candidato ao governo estadual Pedro Ruas. Sem ter confirmado coligação com nenhum partido, a legenda escolherá o vice a partir de uma lista de candidatos da própria sigla. O PSol terá 32 candidatos à Assembleia Legislativa e 31 à Câmara Federal.

RS terá 13 convenções a partir do final de semana

Felipe Samuel

A duas semanas do prazo estabelecido pelo Tribunal Superior eleitoral (TSE) para realizar as convenções estaduais, os partidos intensificam as definições das candidaturas dos postulantes ao Palácio Piratini. No sábado, PSB e PSol dão continuidade às convenções no Estado e promovem seus encontros. Enquanto o PSB oficializará a aliança com o PT e confirmará o nome de Beto Grill (PSB) como vice de Tarso Genro (PT), o PSol lançará a candidatura de Pedro Ruas ao governo estadual. A legenda, que ainda não definiu o vice, deve concorrer com chapa pura no pleito deste ano.

No dia 20, o PV homologará o nome de Montserrat Martins para a disputa ao Piratini. A vice será preenchida por um integrante da legenda. Com a candidatura de Júlio Flores, o PSTU promoverá sua convenção no dia 23. A legenda também concorrerá com chapa pura ao governo estadual e definirá o nome do vice no encontro do partido. As siglas de maior expressão, no entanto, vão dar início aos encontros a partir do dia 25, com a convenção do Dem. Com a chapa majoritária definida, PMDB e PDT realizam juntos, no dia 26, o encontro estadual dos partidos, quando batem o martelo sobre a aliança em torno de José Fogaça . No mesmo dia, os petistas se reúnem e oficializam o nome de Tarso.

No dia seguinte, 27, será a vez do PSDB ratificar a candidatura de Yeda Crusius à reeleição. No dia 28, PP e PRB, respectivamente, promovem suas convenções. Os progressistas confirmarão aliança com os tucanos e o vice de Yeda. O PTB oficializa no dia 30 o nome de Luís Augusto Lara ao governo estadual. O PPS ainda não definiu a data da convenção estadual do partido.