Luciana Genro

Crusius foge de militância do PSOL

11 de agosto de 2009 14h35

Marido da governadora só foi visto após seguranças expulsarem manifestantes dos corredores do Foro

Crédito: Débora Birck
Crédito: Débora Birck

Duas grandes faixas com as frases “Yeda e Carlos Crusius, quadrilha criminosa” e “Carlos Crusius ladrão”, além de bandeiras do PSOL e cartazes com o “Fora Yeda”, carregadas por dezenas de militantes do PSOL, marcavam a presença da militância no Foro Central, que aguardava a chegada tanto de Pedro Ruas quanto de Carlos Crusius. O marido da governadora não foi visto na entrada do prédio.

O comentário no Foro era: “Mas Ruas chega assim, pela porta da frente, com toda essa gente.” Ao que outro presente respondeu: “É claro, ele não tem nada a esconder.” Crusius só foi visto quando entrou na Sala da Audiências, depois que a segurança expulsou os militantes do PSOL.