Luciana Genro

Datafolha: 57% creem em corrupção no governo Yeda

03 de junho de 2009 15h11
Pesquisa Datafolha (Reprodução)

Pesquisa Datafolha (Reprodução)

Pesquisa Datafolha publicada na edição desta quarta-feira, 3, do jornal Folha de S. Paulo mostra que 57% dos gaúchos acreditam na existência de casos de corrupção no governo de Yeda Crusius. Entre os que creem nisso, 70% defendem o impeachment da governadora tucana, e 44% acham que ela deve se afastar do cargo enquanto as denúncias são investigadas, e outros 17%, que ela deve renunciar.

O índice de gaúchos que acreditam que Yeda tem responsabilidade nos esquemas de corrupção é de 94%, dos quais 55% creem que ela tenha “muita responsabilidade”. Perguntados se deve ser criada uma CPI para investigar o envolvimento da governadora com corrupção, apenas 7% se disseram contra; 88% dos gaúchos querem que a CPI ocorra.

De acordo com a pesquisa, a administração de Yeda é avaliada como ruim ou péssima por 51%. É a maior reprovação a um governador já registrada pelo Datafolha. Em Porto Alegre, esse número sobre para 58%. Procurada pelo jornal, a governadora não quis comentar a avaliação.