Luciana Genro

Luciano Victorino | 50050

Tira o teu voto do armário!

Todos os anos milhões de LGBTs vão às ruas nas Paradas LGBTs para celebrar a diversidade e resistir a violências, como o recente massacre na Boate Pulse, em Orlando, e reivindicar direitos negados a nós: lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

Sair do armário não foi fácil para mim, como não deve ser para milhares de nós. Ainda mais no Brasil, um dos países que mais mata LGBTs no mundo. Infelizmente os políticos pouco se preocupam com nossas vidas e em Porto Alegre as poucas políticas implementadas não estão à altura dos desafios que os direitos humanos exigem.

Queremos construir de forma coletiva uma Porto Alegre onde as políticas LGBTs sejam eixo do nosso mandato e do governo Luciana Genro. Políticas transversais diretamente relacionadas à educação, à segurança e à saúde. Uma grande responsabilidade que te convido a compartilhar comigo. Vamos colorir juntos Porto Alegre de direitos!

Quem é Luciano? Estudou comunicação, cursa Direito na UFRGS, têm 22 anos. Foi Coordenador-Geral do Diretório Central de Estudantes da UFRGS em 2015. Integra a equipe de programa LGBT e Direitos Humanos de Luciana Genro. Nestas eleições aceitou o desafio de levantar a bandeira LGBT ao lado de Luciana Genro e Jean Wyllys.


Entre em contato por WhatsApp: (51) 9891-1901.

Siga-nos no facebook.com/lucianovictorino.


3 MOTIVOS PARA VOTAR NO LUCIANO 50050

Diversidade contra o fundamentalismo
Eleger um vereador que é gay e militante LGBT coloca na Câmara Municipal um mandato que dará visibilidade a essa importante luta e fortalecerá o contraponto à ascensão do discurso de ódio e práticas de discriminação do fundamentalismo religioso.

Um mandato LGBT para tod@s
Nosso mandato vai ser um instrumento de defesa da população LGBT de Porto Alegre, estando à disposição para acolher e acompanhar vítimas de agressões LGBTfóbicas nos serviços de denúncia e investigação do Estado, garantindo um atendimento digno e sem discriminação.

Políticas LGBTs transversais
Queremos uma política LGBT transversal na área da educação, segurança e saúde. Defendemos um plano de educação que garanta uma educação para a diversidade, somos contra qualquer lei que queira censurar os professores. Precisamos que a Guarda Municipal esteja preparada para lidar com a diversidade. Precisamos preparar as equipes de saúde para lidar com LGBTs. É urgente o respeito ao nome social em todas as políticas públicas.

Jean Wyllys está com Luciano 50050

Por causa da minha atuação política, acabo entrando em contato com ativistas LGBTs de todo o país. Foi assim que conheci o Lu, um combativo jovem LGBT de Porto Alegre, sempre na linha de frente das mobilizações por mais direitos e contra o retrocesso. Estive nesta cidade de luta para participar da Parada LGBT ao lado da minha amiga Luciana Genro e tive a satisfação de conhecer melhor o Luciano. Nestas eleições, precisamos colocar LGBTs nas prefeituras e nas câmaras municipais, dando voz às nossas causas nos parlamentos e enfrentando aqueles que nos atacam com iniciativas de ódio. Por isso eu peço o teu voto no Luciano Victorino 50050 para vereador de Porto Alegre, para colorirmos Porto Alegre de direitos.

Luciana Genro está com Luciano 50050

Tenho muito orgulho de ter ao meu lado um jovem corajoso e determinado como o Luciano concorrendo à Câmara Municipal. O combate à homofobia e à transfobia e a luta pelos plenos direitos LGBTs passa pela eleição de parlamentares que sintam essa opressão na própria pele e que enxerguem esse enfrentamento num amplo horizonte de libertação humana. Luciano Victorino 50050, na Câmara Municipal, cumprirá o papel de ser uma voz em defesa dessa comunidade e dos movimentos sociais organizados.

NOSSAS PROPOSTAS

  • DIÁLOGO PERMANENTE COM O MOVIMENTO LGBT

O governo da cidade precisa ser parceiro do movimento LGBT e deve estar disposto a ouvi-lo, acolher suas pautas e encaminhar suas reivindicações. Para isso, Porto Alegre deve ter um Conselho Municipal de Direitos da População LGBT.

  • DIVULGAÇÃO E APLICAÇÃO DO ARTIGO 150 DA LOM

A população LGBT em Porto Alegre possui direitos que às vezes desconhece. Como o direito de não ser discriminada em estabelecimentos comerciais, garantido pelo artigo 150 da Lei Orgânica do Município. A Prefeitura precisa aplicar esta lei e incentivar as pessoas a denunciarem os abusos.

  • CERTIFICADO DE ESPAÇOS LIVRES DE PRECONCEITO

Queremos que a Prefeitura, em parceria com o movimento LGBT e com iniciativas criativas dos movimentos sociais, conceda certificados a estabelecimentos que se provarem “livres de preconceito”.

  • OBSERVATÓRIO MUNICIPAL CONTRA A HOMOFOBIA E A TRANSFOBIA

Criação de um observatório com a presença de coletivos LGBTs e representantes da comunidade de forma a criarmos um programa de atenção integral a vítimas de crimes de ódio devido à sua orientação sexual e identidade de gênero.

  • MEMÓRIA LGBT

Que Porto Alegre adote, em parceria com os movimentos sociais, um programa municipal de preservação, organização e difusão da memória LGBT na cidade.

  • ACOLHIMENTO À POPULAÇÃO LGBT NAS ESCOLAS MUNICIPAIS

Criar uma rede de garantia de acesso e permanência de LGBTs nas escolas, com equipes volantes que possam visitar os colégios, servindo de mediadores entre estudantes, corpo docente, gestores e comunidade, promovendo atividades regulares e cursos de formação.

  • GUARDA MUNICIPAL QUALIFICADA NA DEFESA DA POPULAÇÃO LGBT

A Guarda Municipal também deve estar preparada para lidar com a diversidade e garantir a segurança de LGBTs em situação de assédio, insulto, ofensa ou agressão.

  • SAÚDE PARA TOD@S

Garantir que nenhum LGBT deixe de receber atendimento médico adequado em função de sua orientação sexual ou identidade de gênero.


Propostas construídas com o movimento LGBT no encontro Porto Alegre sem Preconceito – Cidade LGBT, que aconteceu no dia 30 de abril, com Luciana Genro e Luciano Victorino.